Assine e receba a edição em casa

Vídeo Institucional

Cuiabá, Dezembro de 2017

Expediente Login
Almanaque Cuiabá

Doutor Funério

Cada história – vida, cada história – talvez morte, nossa única certeza, mas seja ela lá como for!

Tamanho do Texto A+ A-

Sobre a obra

História de vida e de morte podem ser simples, mas nas palavras contextualizadas da literatura de Mahon em “Dr. Funéreo” tornam-se comédias, tragédias, pura ficção que fisgam o leitor pela curiosidade, pelo inusitado, pelo temor, pela simples diversão ou reflexão. 

Leia um trecho do livro

Dr. Funéreo - Fissurado pela morte em todas as dimensões, lia os obituários dos jornais. Relacionava sobrenomes, datas e escrevia aos periódicos exigindo que incluíssem a causa da morte de cada homenageado. Dono de uma mente lúcida e pródiga de ciência, supunha o câncer fulminante de um, a pancreatite aguda do outro, tudo baseado no cruzamento das idades, textos, e espaço comprado no jornal pela família. Animava-se para o velório ou enterro e, com mais frequência, comparecia às missas de sétimo dia.

Sobre o autor - Eduardo Mahon nasceu no Rio de Janeiro e mora em Mato Grosso, desde 1980. Articulista, polemista, advogado, professor de Criminologia, Direito Penal e Processual Penal, membro do Instituto Brasileiro de Ciências Criminais, ingressou na Academia Mato-grossense de Letras em 2007, ocupando a cadeira 11, cujo patrono é Augusto João Manuel Leverger, o Barão de Melgaço. Publicou “Nevralgias”, seu primeiro livro de crônicas (Carllini & Caniato Editora, 2013).

 
Ficha técnica
Autor: Eduardo Mahon
Edição: 1ª
Ano de publicação: 2014
ISBN: 978-85-8009-91-8
Tamanho: 13,8 x 20,8 cm
Número de páginas: 144
Gênero: Literatura / Contos
Peso: 162 gramas

_______________________________________________________________________
Contatos
Editora TantaTinta / Carlini & Caniato
(65) 3023-5714 /3023-5715
comercial@tantatinta.com.br

 

VOLTAR AO TOPO

    Compartilhe

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter