Assine e receba a edição em casa

Vídeo Institucional

Cuiabá, Dezembro de 2017

Expediente Login
Almanaque Cuiabá
Os registros afirmam que ela estava detida no quartel ao lado deste casarão.

A 'Bela' da Rua 13 de Junho que encantou duas 'feras' em Cuiabá: um era juiz; outro, governador

Primeiro escândalo amoroso ocorrido em Cuiabá envolveu Vaz Morilhas e Rolim de Moura. A causa foi uma 'bela mulher' chamada pelo nome de Benta

A

Tamanho do Texto A+ A-

A rua 13 de Junho era chamada de rua Bela do Juiz. O nome Juiz é porque no casarão que hoje abriga as instalações dos Correios e Telégrafos era a antiga residência dos juízes que vinham de fora. Mas o nome ‘Bela’ é dado ao primeiro escândalo amoroso ocorrido na cidade, conforme relata a história.

O fato ocorreu em 1753 com o ouvidor da época, doutor João Vaz Morilhas, que apaixonado por uma ‘bela mulher’ a esperava todas as noites naquele prédio. Os registros afirmam que ela estava detida no quartel ao lado deste casarão. Todas as noites ela entrava sorrateiramente pela porta do casarão que ficava apenas cerrada e ia direto para os braços do amado. A entrada dava frente para a atual 13 de Junho, que na época, além de Rua Bela do Juiz, recebia nomes de caminho para o Porto e de Cruz das Almas, entre outros.

Vaz Morilhas era elegante, culto, homem da lei e mandava e desmandava na Vila. Acontece que esse seu poderio foi enfraquecido com a chegada do primeiro delegado de El-rei de Portugal, nomeado governador da recém-criada capitania de Mato Grosso, dom Antônio Rolim de Moura Tavares.

Coincidência ou não, pois não é que o governador também se apaixonou pela ‘Bela?’. Era ela chamada pelo nome de Benta Cardoso.

O clima ficou tenso. Rolim de Moura, usando da autoridade, ameaçou e perseguiu insistentemente o juiz até expulsá-lo sob escolta para a cidade de Belém, do Pará, encerrando assim o primeiro escândalo amoroso registrado nos anais do Senado da Câmara da Vila Real do Bom Jesus de Cuiabá.

Passado o episódio e por causa daquele fatídico caso de amor, a própria comunidade do vilarejo resolveu adotar o nome daquele logradouro de “rua Bela do Juiz”.

VOLTAR AO TOPO

    Compartilhe

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para A 'Bela' da Rua 13 de Junho que encantou duas 'feras' em Cuiabá: um era juiz; outro, governador

Já temos 3 comentário(s). DEIXE O SEU :)
Maria do Carmo Monteiro da silva

Maria do Carmo Monteiro da silva

Quanta história que alguém registrou...e não se perdeu no tempo.Que bom...
★★★★★DIA 22.07.17 09h03RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Moema Santos

Moema Santos

Muito interessante!Cuiabá tem história !
★★★★★DIA 01.11.16 07h57RESPONDER
Benjamim Franklin
Enviando Comentário Fechar :/
Geovana Silveira

Geovana Silveira

Amo o Almanaque, pois adoro nossas historias regionais. Parabens Benjamin Lira excelente trabalho, resgatando nossa cultura.
★★★★★DIA 31.10.16 22h16RESPONDER
Benjamim Franklin
Enviando Comentário Fechar :/
Enviando Comentário Fechar :/