Assine e receba a edição em casa

Vídeo Institucional

Cuiabá, Dezembro de 2017

Expediente Login
Almanaque Cuiabá

Conhecendo o autor

Benedito Sant’Ana da Silva Freire nasceu no município de Mimoso, em 20 de setembro de 1928, mas foi registrado em Cuiabá. Graduou-se em Direito pela Faculdade Cândido Mariano, no Rio de Janeiro-RJ, em 1959.

Tamanho do Texto A+ A-

Foi contínuo, auxiliar judiciário, escriturário, oficial de diligência substituto da Justiça do Trabalho, em Cuiabá, São Paulo e Rio de Janeiro; conselheiro da Caixa Econômica Federal, em Mato Grosso; delegado regional do SAPS e SENAM (extintos); professor do Departamento de Direito da UFMT; presidente do Tribunal de Justiça Desportiva da FMD (extinta); conselheiro, presidente da Comissão de Exame e vice-presidente do Conselho Seccional da OAB-MT; presidente do Instituto dos Advogados Mato-grossenses.

Foi também secretário geral da União Metropolitana dos Estudantes; presidente do Diretório Central dos Estudantes das Faculdades Independentes; diretor de Cultura da UNE; presidente do Teatro Universitário Brasileiro (1956-1959); diretor-redator da revista Movimento (1957-1959), da UNE; do jornal O Roteiro, da AME-MT; e da página universitária do jornal O Semanário, no Rio; membro do Clube de Poesia da cidade de Campos-RJ. Fundou o Grêmio Literário Lamartine Mendes, os jornais Arauto da Juvenília, Vanguarda Mato-grossense, Saci (1949) e Sarã (1951), em Cuiabá, e Japa, no Rio.

Escreveu para os jornais: Tribuna Liberal, O Social Democrata e Folha Trabalhista, de Campo Grande; O Momento, de Corumbá; Folha Mato-grossense, Correio da Imprensa, O Estado de Mato Grosso e revista Esquema, de Cuiabá.

Fundou e dirigiu os suplementos literários: Poemas e Letras, no jornal Equipe; e Proposta, no jornal Folha da Serra, de Campo Grande. Promoveu, com outros parceiros, eventos e peças de teatro, em Cuiabá e no Rio de Janeiro; como advogado, atuou em inúmeras causas sociais. Faleceu em Cuiabá, aos 11 de agosto de 1991.

Sua produção literária foi publicada nas obras:

Águas de Visitação (1979);
Barroco Branco (1989) - Coleção de Letras Mato-grossenses. Série: Poetas Contemporâneos;
GOOL/círculo azul ao sul do azul. (Caderno de Cultura, nº 7). Cuiabá, s/data;
Campus da universidade; 
Crêspo-ôlho-alho. (Cadernos de Cultura, 6) Cuiabá, s/ed. 1971;
Chão/terra/pasto: ao lavrador, ao vaqueiro, ao pescador deste birachão de Deus. (Cadernos de Cultura, nº 5) 1971;
Social, criativo, didático: catálogo de exposição. (1986);
Trilogia Cuiabana, (1991), obra ricamente ilustrada pelo artista plástico de renome nacional e internacional, Wlademir Dias Pino, que ilustrou com desenhos alusivos aos temas tratados.Faleceu em Cuiabá, aos 11 de agosto de 1991.

 

VOLTAR AO TOPO

    Compartilhe

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter