Assine e receba a edição em casa

Vídeo Institucional

Cuiabá, Outubro de 2020

Expediente Login
Almanaque Cuiabá

Alexandre, O Grande

Veja resumo da biografia de Alexandre, o Grande! e as suas importantes conquistas na história da Antiguidade.

Tamanho do Texto A+ A-

Nascido em Pela no dia 20 de julho de 356 a.C.,Alexandre III da Macedônia, conhecido como “o Grande” ou “Magno”, foi uma das personalidades mais aclamadas da história. Ele foi um príncipe e rei da Macedônia popular por ser um célebre conquistador do mundo antigo. Enquanto jovem, ele era conhecido por ser violento, mas também culto e sofisticado, afinal foi tutorado por ninguém menos que o grande filósofo Aristóteles e já demonstrava aptidão para a guerra e conquista. Após o assassinato de seu pai, que alguns até o acusam de ter feito tal atrocidade, Alexandre subiu ao trono com seus 20 anos e foi então que deu início aos seus grandes feitos que viriam a influenciar por toda a história.

Conquistas do Grande
Durante seu reinado, Alexandre, O Grande fez várias conquistas em terras vizinhas e se tornou muito importante para a história. Confira o que o conquistador fez para ganhar esse título:

  • Em 334 a.C. Alexandre liderou um exército composto de macedônios e gregos que continha milhares de homens e atravessou aÁsia Menor. O jovem Rei conseguiu conquistar o litoral dessa área não somente com sua força bélica, mas também com a inteligência, pois havia levado sábios da época para estudar a fauna e flora do local, cartografando o terreno para criar estratégias de ataques.
  • Ao sair da zona conquistada da Ásia Menor, Alexandre marchou em direção àSíria e derrotou o exército persa na batalha de Isso.
  • A famosa cidade portuária deTiro, conhecida por ser inconquistável, acabou perdendo o seu tão aclamado título pela força dos exércitos do Rei macedônio. Mantendo seu status de bruto, Alexandre puniu com a morte ou escravidão a população das cidades que ousassem resistir.
  • Depois disso, rumou aoEgito e lá não encontrou resistência da população, porque para os egípcios ele foi considerado um libertador do domínio persa. Sacerdotes aproveitaram a ocasião e gratificaram Alexandre com o título de imperador do Egito, então ele fundou uma nova cidade na área chamando-a de Alexandria.
  • Saindo do território egípcio, o novo imperador marchou com os soldados em direção à Mesopotâmia para derrotar o exército persa. Ao chegar por lá, os persas tinham mais recursos tecnológicos contra o pequeno hoste de Alexandre, contando com cavalaria, elefantes e carruagens com rodas de eixos com lâminas pontiagudas. Contudo, mesmo com toda a tecnologia, os persas acabaram sendo derrotados pelo poder do grande conquistador. Isso é explicado pela desmotivação dos guerreiros que haviam sido obrigados pelo rei Dário a se alistarem.
  • Os territórios asiáticos que hoje correspondem aos países como Paquistão e Uzbequistão também foram conquistados, até que no ano 326 a.C., já dentro das atuais fronteiras da Índia, os soldados se recusaram a avançar e Alexandre permitiu o regresso de alguns deles à Pérsia.

Morte do Grande Imperador e Rei
Após conquistar diversos territórios em seus melhores anos de vida, Alexandre estava no auge do seu poder. O império comandado por suas forças estava no pináculo e tudo parecia ir bem. Por infelicidade, no ano de 323 a.C. o Imperador morre em Susa como vítima de um grave desarranjo intestinal. Parece irônico que um homem com tanta força e poder pudesse vir a passar seus últimos dias sofrendo com tal doença.

 

VOLTAR AO TOPO

    Compartilhe

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter