Assine e receba a edição em casa

Vídeo Institucional

Cuiabá, Junho de 2019

Expediente Login
Almanaque Cuiabá

Nostálgica Casa Cuiabana

A casa foi construída no século XVIII no antigo caminho dos pescadores, depois da rua Mello Rego, hoje General Vale, situada no antigo bairro do Mundéu, a alguns passos da centenária Santa Casa de Misericórdia.

Arquivo/Almanaque
Nostálgica Casa Cuiabana

Casario cuiabano, localizado próximo ao Pronto Socorro, na antiga “Chácara de Deidâmia”

Tamanho do Texto A+ A-

A Casa Cuiabana foi adquirida de Mariano de Campos Borralho, por José Mariano de Campos em 12/08/1901 e com sua morte passou à sua esposa Deidâmia Borralho de Campos e filhos. 

A construção da Casa data do século XVIII. Antigamente era a “Chácara de Deidâmia”. Foi feita em taipa e adobe, sobre alicerces em pedra canga, todas as janelas traziam gelosias em sua metade inferior e caixilhos de vidro em sua parte superior.

A casa de pura construção colonial apresenta fachada principal (Rua General Valle) com uma porta e cinco janelas, e mais outras cinco a lateral direita na Travessa Frei Ambrósio. Todas as janelas traziam gelosias na sua metade interior caixilho de vidro em sua parte superior, este tipo de janela era usada nas residências mais ricas da época.
Apesar da sua proibição no Rio de Janeiro em 1806 Cuiabá conservou e subsistem ainda alguns casarões com suas janelas de rótulas ou gelosias.

Esquina em cunhal, possuía ao alto, mão francesa de madeira com dispositivo para segurar lampião, ao tempo em que a iluminação pública se fazia com azeite e pavio. Do pavio em "Cachorro" sobressaem as bocas de telhas coloniais.

Confortável a espaçosa varanda era atingida após um corredor de aproximadamente dois metros de largura e que dava acesso aos quartos, sala de visita e capela.
Além destes cômodos há uma sala de estar (sala nobre), cozinha e despensa totalizando 09 (nove) peças mais os corredores. Construções em taipa e adobe, sobre alicerces em pedra canga. O seu imenso quintal abrangia uma área com pomar de estrondosas árvores frutíferas, possuindo ainda um belo poço de pedra canga.

Objetivando manter a ambiência de um quintal cuiabano, foi estruturado um projeto para um espaço cultural de uso múltiplo onde foi inserido um teatro de arena propiciando mais uma alternativa para os grupos artísticos regionais.

Restaurada com recursos do SPHAN/ PRÓ-MÉMORIA ou ATLANTIC de Petróleo e do Governo do Estado de Mato Grosso, a Casa Cuiabana ou "Chácara de Deidâmia", como era conhecida, constitui um dos mais expressivos exemplares arquitetônicos da Cuiabá do séc XVIII.
A partir de 1° de Junho de 1983, a Casa Cuiabana passou a fazer parte do Patrimônio Histórico e Artísitco do Estado de Mato Grosso.

A Casa Cuiabana é um Centro Cultural do Estado de Mato Grosso que tem como objetivo promover e preservar a cultura Matogrossense, valorizando todos os segmentos artísticos.

VOLTAR AO TOPO

    Compartilhe

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter