Assine e receba a edição em casa

Vídeo Institucional

Cuiabá, Dezembro de 2017

Expediente Login
Almanaque Cuiabá

Pixé, a paçoca cuiabana

A farofinha de pixé pode ser usada para enriquecer doces ou mingaus ou simplesmente misturada ao leite e sucos, mas segundo a tradição cuiabana, muitos apreciadores da iguaria preferem comê-la pura.

Bolo de Arroz e Cia
Pixé, a paçoca cuiabana

Pixé, “milho torradinho socado, canela açucarada...” que até letra de rasqueado virou.

Tamanho do Texto A+ A-

Especialidade da culinária cuiabana, o pixé é uma farofa doce à base de milho torrado e moído, canela e açúcar, vendida em cones de papel ou potinhos de plástico. A farofinha de pixé pode ser usada para enriquecer doces ou mingaus ou simplesmente misturada ao leite e sucos, mas segundo a tradição cuiabana, muitos apreciadores da iguaria preferem comê-la pura. Simplesmente jogam um pouco na palma da mão e lambem. Mas é preciso cuidado, porque a farofa é seca e corre-se o risco de engasgar. Para muitos matogrossenses a iguaria é considerada afrodisíaca.

RECEITA DE PIXÉ

Ingredientes:
- 2 colheres (sopa) de banha
- 2 e 1/2 xícaras (chá) de milho seco em grãos (de pipoca)
- 1/2 xícara (chá) de açúcar
- 1/2 colher (chá) de sal
- 1 colher (chá) de canela em pó

Modo de preparo
Em uma panela, esquente um pouco a banha. Torre o milho em fogo médio, mexendo sempre, por 20 minutos ou até ficar dourado. Soque o milho no pilão até ficar bem triturado. Passe -o por uma peneira e misture com o açúcar, o sal e a canela. Coloque pequenas porções em cones de papel e sirva.

Fonte: Marcia Mesquitta Gastronomia

 

VEJA A LETRA DA MÚSICA PIXÉ, QUE INSPIROU PESCUMA NUMA COMPOSIÇÃO CUIABANÍSSIMA! 
VOLTAR AO TOPO

    Compartilhe

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter