Assine e receba a edição em casa

Vídeo Institucional

Cuiabá, Setembro de 2019

Expediente Login
Almanaque Cuiabá

Soror Martha

Soror Martha

“Soror Martha” (1928) é um conto que Cesário Prado dedicou à veneranda senhora D. Isabel de Mesquita.

Martha era uma noviça no convento que passava os dias entre os trabalhos de onde morava e a meditação quase sempre voltada à família que deixara fora do claustro. Um dia sentada num dos bancos frios de azulejos em frente à porta das celas das irmãs sórores Martha é despertada de sua concentração por Soror Piedade que lhe trazia uma carta de seu irmão mais novo, Ninito.

A carta, cheia de emoção dava conta do quanto sua ausência doía no coração de seus familiares, mais ainda do mano que esperava sua volta para lhe ajudar nas lições. A casa para ele ressentia de saudade deixada por Martha e do quanto ele ansiava sua volta, pois não entendia o porquê dela se ausentar se tornando irmã de caridade. Lida a carta, Martha vai até o pé de uma estátua de Cristo para rezar e comparar o sacrifício de sua vida com a de Jesus que, de braços abertos parecia lhe dizer que era por amor a ela que ele tinha se deixado trespassar de dores.

    Compartilhe

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para Soror Martha

Enviando Comentário Fechar :/