Assine e receba a edição em casa

Vídeo Institucional

Cuiabá, Julho de 2019

Expediente Login
Almanaque Cuiabá

Pioneirismo da dramaturgia em Cuiabá

Pioneirismo da dramaturgia em Cuiabá

Os escritores Paulo Pitaluga e João Carlos Ferreira fazem referência à nota de Joaquim Ferreira Moutinho dando conta de que em 1867 “os cuiabanos manifestavam grande gosto pela arte dramática” e dá notícias da montagem de uma companhia teatral mato-grossense pelo governador doutor Joaquim Raimundo de Lamare.

27 de agosto de 1885, com a Companhia Zarzuelas, que veio a Mato Grosso se exibir no Teatro São João.

A seguir, várias instituições teatrais foram formadas em Cuiabá, sendo em 1887 criada a Sociedade Dramática Amor e Arte. Mas a primeira apresentação profissional em Cuiabá deu-se em

27 de agosto de 1885, com a Companhia Zarzuelas, que veio a Mato Grosso se exibir no Teatro São João. Em 1893 um tal Joaquim Bartolino Proença funda uma Escola de Arte Dramática.

No século XX as atividades teatrais deveram-se à iniciativa de instituições de ensino, como o Colégio São Gonçalo. O padre José Solari e depois o padre Luís Montuschi, montavam e dirigiam os espetáculos, formados pelos alunos.

Por volta de 1925, Zulmira Canavarros e Franklin Cassiano montaram várias peças teatrais em Cuiabá. Na década de 1940, vários intelectuais e professores organizaram espetáculos teatrais. Foram eles Alberto Addor, Gervásio Leite, Ana Pinheiro e Leônidas Mendes, dentre outros. Todavia, há que se ressaltar que desde o século XVIII as peças teatrais montadas e exibidas nos festejos mato-grossenses não foram aqui escritas, salvo honrosas exceções. A arte cênica sempre foi mato-grossense, contudo as peças eram importadas em sua maioria.

    Compartilhe

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para Pioneirismo da dramaturgia em Cuiabá

Enviando Comentário Fechar :/