Assine e receba a edição em casa

Vídeo Institucional

Cuiabá, Novembro de 2019

Expediente Login
Almanaque Cuiabá

Morbeck versus Carvalhinho

Morbeck versus Carvalhinho

Pedro Celestino Correia da Costa governou Mato Grosso por dois períodos: o primeiro, de 12 de outubro de 1908 15 de agosto de 1911 e o segundo, de 22 de janeiro de 1922 a 24 de outubro de 1924

Para começar, Morbeck X Carvalhinho foi um episódio que ocorreu no início do século XX em Mato Grosso durante a gestão do governador Pedro Celestino Correia da Costa.

Ao fugir de Santa Rita do Araguaia, Carvalhinho foi para a Bahia buscar reforços com o apoio de Pedro Celestino, para acertar as contas com Morbeck.

Apedido de centenas de leitores publicamos um didático resumo sobre um dos maiores  episódios políticos ocorridos em Mato Grosso e que se tornou assunto corriqueiro em exames de vestibulares e em diversos concursos.

Parte do texto a seguir tem a autoria da historiadora e professora Elizabeth Madureira Siqueira. Para começar, Morbeck X Carvalhinho foi um episódio que ocorreu no início do século XX em Mato Grosso durante a gestão do governador Pedro Celestino Correia da Costa.

Ao assumir o governo, logo percebeu não possuir poder de fato na região leste do Estado, que, segundo ele, era exercido de forma paralela pelo doutor José Morbeck, então diretor da Repartição de Terras, Minas e Colonização do Estado de Mato Grosso.

Ele foi contra uma lei que, em seu entendimento, desalojaria de suas terras mais de quinze mil trabalhadores (garimpeiros) que moravam na região do Rio Garças, o que pode ter sido um dos principais motivos da revolução denominada Morbeck X Carvalhinho.

Para derrubar Morbeck, Pedro Celestino pretendia provocar a rivalidade entre José Morbeck e Manoel Balbino de Carvalho, o Carvalhinho, que era amigo e homem de confiança de Morbeck.

Desta feita, o governador nomeia Carvalhinho como delegado da região Araguaia e Garças. Como representante da lei, a ordem era para combater seu amigo Morbeck. Ao saber da nomeação do amigo, Morbeck se revoltou e preparou uma tocaia atacando Carvalhinho durante a madrugada. Porém, Carvalhinho conseguiu fugir se atirando no Rio Araguaia.

Este episódio ficou conhecido como “dos morcegos e dos cai n'água”.  Ao fugir de Santa Rita do Araguaia, Carvalhinho foi para a Bahia buscar reforços com o apoio de Pedro Celestino, para acertar as contas com Morbeck. Este, por sua vez, pediu apoio, dinheiro e armas para o governo federal alegando que iria combater a Coluna Prestes que passava por Mato Grosso.

Ao regressar da Bahia, as guerras entre o bando de Morbeck e o de Carvalhinho tirou a tranquilidade da população do Leste. Com a posse de Mário Correa da Costa, a situação mudou, pois, o novo governador afastou Carvalhinho e indicou Valdomiro Correa como novo delegado do Leste. Carvalhinho, inconformado, mudou o rumo dos seus ataques; agora queria acertar as contas com o governador.

Assaltou quartéis, gerou pânico em Mato Grosso e ao se ver cercado fugiu para Goiás, onde mais tarde foi capturado, preso e conduzido para a cadeia de Cuiabá. ...Carvalhinho e seu bando permaneceram em Cuiabá até 1930, quando, com a “Revolução” getulista, são postos em liberdade. Este episódio Morbeck x Carvalhinho representou um dentre os muitos conflitos ocorridos na região leste mato-grossense. Os grupos se desfizeram, porém os resquícios de vingança e revide

    Compartilhe

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para Morbeck versus Carvalhinho

Enviando Comentário Fechar :/