Assine e receba a edição em casa

Vídeo Institucional

Cuiabá, Dezembro de 2019

Expediente Login
Almanaque Cuiabá

Independência do Brasil foi deflagrada por um carteiro

Divulgação
Independência do Brasil foi deflagrada por um carteiro

Paulo Bregaro, o carteiro da Independência

Paulo Bregaro, um coadjuvante fundamental para a história do Brasil

A figura do mensageiro sempre esteve presente na história do País. No início eram tropeiros e escravos que faziam esse papel. Em 1663, foi inaugurado o Correio-Mor, serviço responsável pela troca de correspondências entre a Colônia e Portugal. Mais de 150 anos depois entraria em cena Paulo Bregaro, um coadjuvante fundamental para a história do Brasil.

Em 1822, a relação entre dom Pedro I e a Coroa Portuguesa estava estremecida. Nesse clima, chegou uma mensagem com ordens de Portugal, entre elas, a volta imediata do príncipe para a Europa. Como Pedro estava em São Paulo, a futura imperatriz Leopoldina e o ministro José Bonifácio receberam a carta. Bonifácio convocou o mensageiro Bregaro e determinou: “Arrebate e estafe quantos cavalos necessários, mas entregue a carta com toda a urgência”. O rapaz rumou a São Paulo a todo vapor – de fato, trocando de cavalo várias vezes. O encontro com o príncipe se deu em 7 de setembro, próximo ao riacho Ipiranga. Ao ler os escritos, dom Pedro reuniu a guarda e, arrancando os laços de cores portuguesas, ordenou: “Laços fora, soldados! Camaradas, as cortes de Lisboa querem mesmo escravizar o Brasil: cumpre, portanto, declarar a sua independência. Estamos definitivamente separados de Portugal”. E bradou a famosa frase: “Independência ou morte seja a nossa divisa!”. Pelo menos foi o que ficou registrado na história oficial do Império. Precisa ou não a descrição, o fato é que Paulo Bregaro, o carteiro, se tornou patrono dos Correios.

    Compartilhe

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para Independência do Brasil foi deflagrada por um carteiro

Enviando Comentário Fechar :/