Assine e receba a edição em casa

Vídeo Institucional

Cuiabá, Maio de 2019

Expediente Login
Almanaque Cuiabá

Dreaming

Dreaming

Se considerarmos separadamente a produção contística, a tríade de autores recortados para este estudo encerra-se com a literatura de J. Terra (pseudônimo de Cesário Prado)

Em “Dreaming” (1921) o narrador faz considerações sobre o que vem a ser o sonho, segundo a ciência, os hierofantes, os astrólogos, os ocultitas, por fim recai no mistério que para ele é este fato. Ilustra seu pensamento narrando um sonho no qual estava morto, mas com as sensações de vivo. No velório, onde encontrava seu corpo, a reação das pessoas, as saudades sinceras são matéria para o narrador ponderar sobre o destino humano. Ao ouvir alguns próximos reclamarem sobre as mesquinharias da empresa fúnebre enquanto sente o arranque do funcionário ao retirar o suporte do caixão para servir a outro enterro, o narrador acorda vendo na paisagem um augúrio positivo junto do sonho que tivera.

 

Fonte:
Madalena Machado (Recortes extraídos de contos publicados no jornal Correio do Estado, por J. Terra/Cesário Prado)

    Compartilhe

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para Dreaming

Enviando Comentário Fechar :/