Assine e receba a edição em casa

Vídeo Institucional

Cuiabá, Julho de 2020

Expediente Login
Almanaque Cuiabá

Conhecendo o autor

Conhecendo o autor

Em 2004, é nomeado doutor honoris causa pela Universidade Federal de Mato Grosso

Ricardo Guilherme Dicke (Raizama/Chapada dos Guimarães-MT 1936 – Cuiabá- MT 2008). Filósofo, escritor, romancista, contista e artista plástico. Entre sete irmãos, é filho primogênito de garimpeiros, o alemão João Henrique Dicke e a brasileira Carlina Ferreira do Nascimento Dicke. Inicia seus estudos numa pequena escola em Cuiabá, para onde se muda em 1941. Por volta de 1965, casado, vai residir no Rio de Janeiro, e estuda pintura e desenho com Frank Skchaeffer (1917) , Ivan Serpa (1923 - 1973) e Iberê Camargo (1914 - 1994). Conclui bacharelado em filosofia, pela Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ, em 1971. Trabalha como revisor no jornal O Globo entre 1973 e 1975. Em 1977, publica o romance Caieira. Apresenta a dissertação Conjunctio Oppositorum no Grande Sertão, e se torna mestre em estética, em 1982. Quatro anos depois, o romance A Chave do Abismo é editado; seguido por Último Horizonte, em 1988. Em 2004, é nomeado doutor honoris causa pela Universidade Federal de Mato Grosso. Tem seu romance O Salário dos Poetas adaptado para o teatro pelo diretor português João Brites, encenado em Portugal pelo grupo de teatro experimental O Bando. Sua obra configura um regionalismo ligado a Mato Grosso e às filosofias fenomenológicas de Heidegger e Merleau-Ponty, e se distancia das canônicas vertentes nordestinas. Em dezembro de 2004 foi-lhe outorgado, pela Universidade Federal de MT, o título de Professor Honoris Causa. Em 2005, recebeu homenagens do setor produtivo da cultura na Literamérica, feira literária de sucesso, por conta do seu conjunto da obra.

 

 

    Compartilhe

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para Conhecendo o autor

Enviando Comentário Fechar :/