Assine e receba a edição em casa

Vídeo Institucional

Cuiabá, Setembro de 2019

Expediente Login
Almanaque Cuiabá

Carroceiros teriam que ter Habilitação para vender água

Carroceiros teriam que ter Habilitação para vender água

A partir de meados do século XVIII existiram na Vila Real do Bom Jesus de Cuiabá vendedores de água recolhida no rio Cuiabá e transportada em carros puxados por bois.

Eles pagavam regularmente impostos pra trabalhar com suas carroças no espaço urbano de Cuiabá.

Mais tarde, na então província, o governo instituiu uma espécie de concessão dos serviços de coleta e distribuição de água potável na cidade, por meio de carroças.A concessão era sob regime de exclusividade: “ninguém poderá mais vender água, quer conduzida em carroças, quer em pipas, barris, potes e outro qualquer vasilha”, sem autorização prévia. E tinha mais: “Nenhum barril de água, com a capacidade de 40 litros”, poderia ser vendido “por mais de cem réis e da metade na estação chuvosa, e que a água exposta à venda sempre seja dos referidos rios. Eles pagavam regularmente impostos pra trabalhar com suas carroças no espaço urbano de Cuiabá.

Em fins do século 19 um anúncio em jornal de Cuiabá mostrava a existência na cidade de atividade empresarial voltada para coleta, transporte e venda de água potável, com investimento de capital em carros, bois, arreios e vasilhames de maior capacidade:

Muita atenção” Grande Pechincha! Olha, senhores carreiros: se vende dois carros de bois, sendo um para carga, e outro para água, com 10 juntas de bois, e com todos os pertences aos outros carros.

Em 1881 existiam em Cuiabá pelo menos 10 carroças de condução, dentre as quais certamente conduziam água potável. Em 1898, carroceiros continuavam em plena atividade diária, conforme quadro abaixo,  embora o pequeno aqueduto de estilo romano, conhecido como Morro da Caixa D'água Velha, tivesse sido construído em 1882, na gestão do coronel José Maria de Alencastro, então presidente da Província de Mato Grosso.

    Compartilhe

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para Carroceiros teriam que ter Habilitação para vender água

Enviando Comentário Fechar :/