Assine e receba a edição em casa

Vídeo Institucional

Cuiabá, Novembro de 2019

Expediente Login
Almanaque Cuiabá

Bugrinho, o nosso Silva Freire

Bugrinho, o nosso Silva Freire

O boêmio Silva Freire era mais conhecido como “Bugrinho” , mas pela sua destreza poética, também foi chamado de ‘escultor de palavras.

Benedito Sant'Ana da Silva Freire é o que está escrito na certidão de nascimento. O nome veio de São Benedito para pagar promessa da mãe ao santo, e Sant’Ana pela devoção à santa Anna. Nasceu em Mimoso, terrra de Rondon, distrito localizado no município de Santo Antônio de Leverger - MT, em 20 de setembro de 1928, e faleceu em Cuiabá MT, em 11 de agosto de 1991.

Foi conterrâneo do marechal Rondon, advogado trabalhista, jornalista cultural, poeta de vanguarda e professor titular do departamento de Direito da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

Colaborou para a formação cultural brasileira e para a história política, educacional e literária mato-grossense, tendo sido preso e cassado em seus direitos políticos pela ditadura militar na ocasião da Revolução de 31 de Março de 1964.

Escreveu obras de destaque como Meu Chão; Pássaro Implume; As Redes; Os Meninos de São Benedito; Águas de Visitação e Trilogia Cuiabana, dentre outras não menos importantes. Ocupou a cadeira nº 38 da Academia Mato-grossense de Letras – AML.

Saiba mais sobre este saudoso poeta mato-grossense...

    Compartilhe

  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Google Plus
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para Bugrinho, o nosso Silva Freire

Enviando Comentário Fechar :/